Banco Mundial e FMI alertam para ‘riscos crescentes’ de recessão global

Declaração conjunta foi feita em evento anual das duas instituições
-Publicidade-
O presidente do Banco Mundial, David Malpass, e a diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, em conversa nesta segunda-feira, 10 | Foto: Reprodução/YouTube
O presidente do Banco Mundial, David Malpass, e a diretora-gerente do FMI, Kristalina Georgieva, em conversa nesta segunda-feira, 10 | Foto: Reprodução/YouTube

O presidente do Banco Mundial, David Malpass, e a diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Kristalina Georgieva, disseram que há um risco crescente de recessão global.

Com a inflação crescente em boa parte do mundo e a elevação dos juros para tentar conter a alta de preços, o resultado deverá ser a redução do crescimento em boa parte do mundo.

“Existe um risco e um perigo real de uma recessão global no próximo ano”, disse Malpass, em um diálogo com Kristalina, no início da reunião anual entre as duas instituições, nesta segunda-feira, 10.

-Publicidade-

Malpass citou desaceleração do crescimento nas economias desenvolvidas e depreciação cambial em muitos países em desenvolvimento. Já Kristalina disse que o FMI vê “um problema significativo” na China, a segunda maior economia do mundo, onde a volatilidade está prejudicando o crescimento.

De acordo com as instituições, o mundo lida com os desafios da pandemia, a guerra na Ucrânia e uma crise global de alimentos e energia. “Essas crises estão ameaçando os meios de subsistência e afetando os mais vulneráveis”, afirmou o Banco Mundial, em nota. “Há uma profunda urgência para os formuladores de políticas, organizações internacionais e o setor privado tomarem ações decisivas e coordenadas para construir resiliência nesta era de volatilidade”, completou.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. Com abundância em fontes de energia , é chegada a hora de recebermos Indústrias que tem dificuldades energéticas em outros Países.

  2. As informações socioeconômicas divulgadas pelo Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional sobre recessão global tenciona países quanto ao futuro próximo.
    As medidas implementadas por Paulo Guedes endossadas pelo Presidente Bolsonaro revelam que, além dos cuidados postos em prática durante as fases mais duras da pandemia do covid-19, o governo brasileiro saiu-se e vem se saindo muito bem no trato de nossa economia que mostra um quadro bem diverso do restante do mundo. Nosso futuro parece ajustado para que novos resultados sejam motivo de continuadas informações otimistas tornando nosso país em centro de atração de novos investimentos, no curto prazo.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.