Biden acusa China de reter ‘informações cruciais’ sobre a origem do coronavírus

Segundo o presidente dos EUA, as autoridades de Pequim trabalham para impedir que pesquisadores internacionais acessem esses dados
-Publicidade-
Segundo Biden, a China retém informações cruciais sobre a origem da covid-19
Segundo Biden, a China retém informações cruciais sobre a origem da covid-19 | Foto: Reprodução/Flickr

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, acusou a China de não divulgar informações fundamentais acerca das origens da pandemia de coronavírus.

“Há informações cruciais sobre as origens da pandemia na China, mas, desde o início, as autoridades do governo chinês têm trabalhado para impedir que pesquisadores internacionais e membros da comunidade global de saúde pública tenham acesso a esses dados”, declarou Biden em comunicado.

China rebate

-Publicidade-

Em reação, a embaixada da China em Washington acusou os serviços de Inteligência norte-americanos de manipulação política.

“O relatório da comunidade de Inteligência norte-americana mostra que os Estados Unidos estão empenhados em seguir pelo caminho equivocado da manipulação política”, afirmou a representação diplomática do país asiático.

Segundo a diplomacia chinesa, os Estados Unidos querem fazer da China um bode expiatório.

Leia mais: “O jogo do gigante”, reportagem de Cristyan Costa publicada na Edição 58 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

11 comentários

  1. Um fraco, que está tentando salvar o não dá pra salvar e o que nunca teve! FORÇA E HONRA! Levou na FRAUDE! Nem era pra estar fazendo essas merdas…

  2. Honestamente, ele esperava outro resultado? Nossa, que ingenuidade… tadinho, alguém precisa contar como a coisa funciona lá….tão enganando o vovozinho aí.

  3. É um tremendo DP! Quem foi que, com o apoio dos marginais das big-techs, culpava o Trump por dizer as verdades e tomar as atitudes corretas? Não er ao Trump o preconceituoso quando dizia que o vírus era chinês? Ferre-se agora, mau-caráter ladrão de eleição!

  4. Presidente frouxo e sem força!
    O governo chinês adorou a eleição desse gagá maria-mole.
    O norte-americano vai vendo o quanto errou na eleição!

  5. O velho caquético (e pedófilo), tenta fazer agora o que deveria ter feito quando ainda era candidato. É incapaz de dizer que deixou $85 bilhões em armamentos, helicópteros, tanques, carros de combate, visores de raios infravermelhos, equipamentos médicos e uma montanha de dólares como presente para o maldito Talibã.
    Esse imbecil colocou os Estados Unidos de joelhos.

  6. Comentários ruins, autoritários e preconceituosos. Duvido que Trump estaria fazendo algo muito diferente. E a questão principal foi esquecida: a China que esconde os fatos e tenta culpar o ocidente é algo sério. O que dizermos nós sobre isso?

  7. Babaca. Incitou a imprensa a chamar o Trump ou qualquer um que ousasse questionar se o vírus chinês teve como origem (acidental ou intencional) a China.
    O mesmo “modus operandi” observamos no Brasil, mas estamos ainda a 1 ano das eleições, teremos muita baixaria sendo aceita.
    Pergunta que não quer se calar: porque o Brasil não poderia aumentar o preço de venda de suas “commodities” para a China? Sim, dependemos da China, mas pode acreditar que a China depende muito mais de nós. Podemos comprar produtos industrializados da (quase extinta) indústria nacional, ou outros países, além da China. Por outro lado, como a China fará para alimentar sua população? Teriam que pagar mais caro, para compensar (em partes) os prejuízos que proporcionaram ao planeta Terra.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro