Boris Johnson busca acordo emergencial para importar alimentos do Brasil, diz Bolsonaro

Primeiro-ministro tratou do assunto com o presidente brasileiro em Nova Iorque
-Publicidade-
Prateleira vazia em supermercado de Nine Elms, na zona sul de Londres (Reino Unido); na placa dizem: 'Por favor, tenha paciência conosco, estamos passando por alta demanda' (em tradução livre) | Foto: Reprodução/El País
Prateleira vazia em supermercado de Nine Elms, na zona sul de Londres (Reino Unido); na placa dizem: 'Por favor, tenha paciência conosco, estamos passando por alta demanda' (em tradução livre) | Foto: Reprodução/El País

Conforme Oeste noticiou, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, reuniu-se com o presidente Jair Bolsonaro em Nova Iorque nesta semana. Durante o encontro, Johnson propôs ao chefe do Executivo brasileiro um acordo emergencial para importar alimentos do Brasil que estão em falta na Inglaterra. A demanda foi repassada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, responsável por analisar a proposta.

Leia mais: “Em Londres, milhares saem às ruas para protestar contra o lockdown

“Com Boris Johnson, em uma das conversas, ele quer um acordo emergencial conosco para importar algum tipo de mantimento nosso que está em falta na Inglaterra”, disse Bolsonaro ontem à noite, quinta-feira 23, durante live semanal em suas redes sociais. “A inflação veio pra todo mundo depois do ‘fica em casa, a economia vem depois’; e alguns países estão com falta de alimentos”, completou.

-Publicidade-

Problemas de abastecimento

Há meses o Reino Unido enfrenta uma crise de abastecimento nos supermercados e restaurantes, como consequência das restrições de circulação e comercialização durante a pandemia. Na semana passada, o país anunciou o adiamento da imposição de controles alfandegários para os alimentos importados da União Europeia, após sair do mercado comum do bloco em janeiro.

Leia também: “EUA, Reino Unido e Austrália anunciam aliança contra China”

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.