Câmara dos EUA aprova abertura de processo contra Steve Bannon por desacato

Deputados chancelaram o posicionamento de um comitê especial formado por legisladores
-Publicidade-
Steve Bannon, estrategista político e ex-assessor de Donald Trump
Steve Bannon, estrategista político e ex-assessor de Donald Trump | Foto: Reprodução/Flickr

A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou nesta quinta-feira, 21, uma moção que pede a abertura de um processo por desacato contra o estrategista político Steve Bannon, ex-assessor do ex-presidente Donald Trump, por ele supostamente ter se recusado a colaborar com uma comissão do Congresso que investiga a invasão do Capitólio por apoiadores do republicano, em janeiro deste ano.

A moção foi aprovada pelos deputados com 229 votos favoráveis e 202 contrários. A maioria da Casa chancelou o posicionamento de um comitê especial formado por legisladores que se manifestou, de forma unânime, na terça-feira 19, pela acusação de desacato contra Bannon.

Caso seja considerado culpado por desacato ao Congresso, Bannon pode pegar até um ano de prisão, além do pagamento de multa. O processo será encaminhado ao Departamento de Justiça dos EUA, mas especialistas avaliam que a tramitação deve ser longa, durando alguns anos.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.