Cancele seu ratatouille: a cozinha francesa também seria racista

Segundo a professora de Direito Mathilde Cohen, hábitos alimentares franceses reforçam o “domínio” das pessoas brancas sobre as minorias étnicas
-Publicidade-
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

A onda de cancelamentos chegou à haute cuisine. Segundo declaração da professora de Direito Mathilde Cohen em um seminário na Universidade Nanterre, os hábitos alimentares franceses reforçam o “domínio” das pessoas brancas sobre as minorias étnicas.

A professora Cohen diz mais: “A cultura alimentar tem sido central na formação identitária através da escravidão, colonialismo e imigração. A brancura da comida francesa (…) permite à maioria racial se beneficiar de privilégios alimentares sem ter que reconhecer suas origens raciais”.

“Prova para oficial da FAB tem questão sobre linguagem neutra” 

-Publicidade-

Segundo o jornal britânico The Times, o jornalista David Abiker ironicamente sugeriu que, como penitência, os franceses se ajoelhassem em suas cozinhas e “se espancassem com suas batedeiras”.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

13 comentários

  1. A professora fica com essa conversinha, mas deve comer muito Bœuf Bourguignon, Magret de Canard, Coq au vin, Croque Monsieur e Croque Madame, Croissant, Tarte Tatin, Crème Brûlée, entre outras maravilhas da culinária francesa. E mais, gostando, ou não, ela jamais dispensará Fois Gras (considerada por muitos uma iguaria chic).

    1. Os franceses deveriam de fato se ajoelhar no milho, para ficar mais espertos e menos idiotizados com esta bobagem do politicamente correto que fatalmente levará este país muito em breve a ruína, parece que querem porque querem se tornar um país de terceiro mundo, boa sorte.

      1. Nós estamos desevoluindo ou tipos como esse sempre existiram?

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site