-Publicidade-

Chile anuncia ‘carnê covid’ para identificar pacientes recuperados da doença

Portadores do documento ficarão livres de cumprir qualquer tipo de quarentena ou restrição
O presidente do Chile, Sebastián Piñera | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
O presidente do Chile, Sebastián Piñera | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

Portadores do documento ficarão livres de cumprir qualquer tipo de quarentena ou restrição

O presidente do Chile, Sebastián Piñera | Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR

O Ministério da Saúde do Chile lançou ontem um meio de identificação para pessoas curadas da doença provocada pelo coronavírus: o “carnê covid”. Caso dê certo, a medida vai facilitar na elaboração de políticas de reabertura da economia.

“Se trata de um instrumento para identificar aqueles que muito provavelmente são imunes”, resumiu o titular da pasta, Jaime Mañalich, numa entrevista coletiva, ao informar que o documento será entregue a partir da próxima segunda-feira.

Terão direito ao carnê pessoas cuja infecção pelo coronavírus foi confirmada através do exame de proteína C-reativa (PCR) e que, depois de 14 dias, não voltaram a apresentar sintomas. Idem aos pacientes hospitalizadas que, no momento da alta, não tiveram sinais da covid-19.

A medida se estende a familiares, amigos e todos os que tiveram contato com os infectados pelo coronavírus. Já os profissionais da saúde serão submetidos a exames a cada 15 dias. “O requerimento para receber o carnê será muito estrito”, salienta Mañalich.

A entrega do carnê (digital e/ou físico) será centralizada, verificando a informação de cada paciente nos registros epidemiológicos, enquanto os portadores deste documento ficarão livres de cumprir qualquer tipo de quarentena ou restrição, informaram fontes do ministério da Saúde à AFP.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês