Chile se tornará o primeiro país a emitir ‘cartões de imunidade’ para recuperados

O país considera que os pacientes não são mais contagiosos 14 dias após o registro dos sintomas ou após a alta hospitalar nos casos mais graves.
-Publicidade-

O país considera que os pacientes não são mais contagiosos 14 dias após o registro dos sintomas ou após a alta hospitalar nos casos mais graves

Foto: PxHere
-Publicidade-

Na próxima segunda-feira, 20, o Chile se tornará o primeiro país a emitir “cartões de imunidade” para aqueles que se recuperaram da covid-19, a fim de que possam voltar ao trabalho.

O ministro da Saúde do país, Jaime Mañalich, anunciou que os cartões serão emitidos com base na presença de anticorpos encontrados no organismo dos pacientes.

O passaporte será disponibilizado para aqueles que tenham tido sintomas fortes da covid-19 há 14 dias e se encontrem recuperadas e também as pessoas que já receberam alta hospitalar.

Aqueles com o sistema imunológico enfraquecido são tidos como não mais contagiosos apenas 28 dias após o aparecimento dos sintomas.

Desde que a estratégia foi lançada como uma medida para suspender o confinamento, houve a preocupação de que o sistema pudesse incentivar a produção de falsos cartões.

Segundo as estatísticas oficiais, o Chile registrou 9.252 casos de covid-19, mais da metade deles na capital, Santiago, que permanece sob as restrições de isolamento social. Houve 116 mortes.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site