-Publicidade-

China monitora alunos temendo retorno do coronavírus

A China está usando a sua avançada tecnologia de monitoramento, controle e repressão da sua enorme população para tentar controlar a pandemia.
Foto: geralt/PixaBay
Foto: geralt/PixaBay

Estudantes de Pequim estão tendo a temperatura monitora em tempo real pelas autoridades chinesas

Foto: geralt/PixaBay

Após meses de quarentena, os estudantes da capital chinesa, Pequim, retornaram às aulas nesta segunda-feira, 11. Temendo uma nova onda de contaminações, cada estudante recebeu uma pulseira eletrônica e será monitorado pelo governo.

A China está usando a sua avançada tecnologia de monitoramento, controle e repressão da sua enorme população para tentar controlar a pandemia. O governo afirmou que as pulseiras aferem a temperatura dos alunos em tempo real, como informa o jornal O Estado de S. Paulo.

Caso a temperatura de algum estudante passe de 37, 2 graus Celsius, os professores são avisados e devem informar a polícia. O equipamento, que ainda está em fase de testes, está em uso por alunos de cinco distritos da capital do país mais populoso do mundo.

Além do controle da temperatura, a China impôs o uso de máscaras e rigorosas medidas de distanciamento físico nas escolas do país, com o objetivo de evitar uma nova onda de contaminados pelo coronavírus.

A China afirma que controlou a pandemia em seu território, inclusive no epicentro, em Wuhan. O país diz que aconteceram 83 mil casos no país com 4.633 óbitos. A China é uma ditadura, sem liberdade de imprensa e de pensamento. Os números divulgados pelo governo do Partido Comunista, são contestados pela comunidade internacional.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês