-Publicidade-

China prende professor que criticou Xi Jinping por causa da pandemia

Xu Zhangrun publicou um ensaio que critica a cultura de engano e a censura de Pequim após o surgimento do coronavírus

Xu Zhangrun publicou um ensaio que critica a cultura de engano e a censura de Pequim após o surgimento do coronavírus

Xi Jinping
Presidente da China, Xi Jinping | Foto: Janne Wittoeck

As autoridades da China prenderam, nesta segunda-feira, 6, um professor de Direito que publicou ensaios, criticando o presidente Xi Jinping sobre sua gestão da pandemia do coronavírus e seus esforços para consolidar seu poder.

Xu Zhangrun, um dos escassos críticos públicos do governo chinês, foi levado de sua casa, na periferia de Pequim, por mais de 20 pessoas, relatou um de seus amigos a agência France-Presse, que pediu para não ser identificado.

Em fevereiro, Xu publicou um ensaio, criticando a cultura de engano e censura de Xi, após o surgimento do coronavírus na China.

LEIA MAIS: Hong Kong detalha nova lei de segurança imposta pela China

O professor de Direito da Universidade de Tsinghua, uma das mais importantes instituições acadêmicas do país, já tinha criticado em 2018 a abolição do limite nos mandatos presidenciais. O texto circulou na Internet.

O amigo de Xu garante que as acusações contra o professor são “ridículas”.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Envie-nos a sua opinião, sugestão ou crítica! Fale conosco
-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês