China promete ‘contra-ataque vigoroso’ contra Reino Unido

Governo britânico suspendeu acordo de extradição com Hong Kong após Pequim impor uma lei que possibilita o aumento da repressão
-Publicidade-
O porta-voz da chancelaria chinesa, Wang Wenbin | Foto: Reprodução/Internet
O porta-voz da chancelaria chinesa, Wang Wenbin | Foto: Reprodução/Internet

Governo britânico suspendeu acordo de extradição com Hong Kong após Pequim impor uma lei que possibilita o aumento da repressão

porta-voz da chancelaria chinesa, Wang Wenbin | Foto: Reprodução/Internet

A China disse nesta terça-feira, 21, que fará um “contra-ataque vigoroso” contra o Reino Unido, que anunciou a suspensão do tratado de extradição com Hong Kong.

-Publicidade-

A decisão de Londres ocorre após Pequim ter adotado de uma nova lei de segurança nacional para a ex-colônia britânica.

LEIA MAIS: China ameaça boicotar fabricantes de celulares

Na segunda-feira, o secretário das Relações Exteriores britânico, Dominic Raab, disse ao Parlamento que o tratado de extradição será suspenso imediatamente e que um embargo de armas passará a contemplar Hong Kong.

“A China usará um contra-ataque vigoroso contra as ações equivocadas do Reino Unido”, disse o porta-voz da chancelaria chinesa, Wang Wenbin, em uma coletiva de imprensa diária nesta terça-feira.

Ele ainda disse que Pequim espera que o Reino Unido “desista de suas fantasias de continuar a influência colonial em Hong Kong e corrija imediatamente seus erros.”

Os britânicos reagiram duramente ao aumento da repressão em Hong Kong, que voltou ao controle chinês em 1997.

O governo de Boris Johson também tem a percepção de que a China não disse toda a verdade a respeito do surto de coronavírus ao mundo.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.