Civis deixam último reduto de resistência ucraniana em Mariupol

Russos alegam ter controle total de cidade portuária, considerada estratégica para formação de corredor ao leste da Ucrânia
-Publicidade-
Mariupol tem sido uma das cidades ucranianas mais castigadas pela guerra
Mariupol tem sido uma das cidades ucranianas mais castigadas pela guerra | Foto: Reprodução/Hoje no Mundo Militar

O ministério da Defesa da Rússia afirmou neste domingo, 1º, que 40 civis deixaram a área da siderúrgica de Azovstal em Mariupol, cidade portuária do Sudeste da Ucrânia, cercada pelas tropas invasoras. As informações são da agência de notícias russa Tass.

Segundo as forças russas, este era o último reduto resistência de civis ucranianos na cidade. Em 21 de abril, o governo da Rússia anunciou que já controlava Mariupol.

De acordo com autoridades da região, entre os resgatados estão 14 mulheres e oito crianças, que foram levadas para um ‘local apropriado’. A intenção é que o grupo seja levado à cidade de Zaporizhzhia, local controlado por ucranianos e com assistência da Organização das Nações Unidas. No entanto, não houve confirmação sobre esta evacuação por parte da ONU.

-Publicidade-

Importância estratégica

Situada no mar de Azov, Mariupol é um dos principais objetivos da ofensiva russa no esforço pelo controle da região de Donbass.

A intenção dos invasores é formar um corredor terrestre, no leste da Ucrânia, a partir da península da Crimeia, anexada pela Rússia em 2014. Por isso, a queda da cidade costeira é considerada a maior vitória das forças do presidente Vladimir Putin desde o início da guerra.

Mariupol está sitiada há mais de um mês, com inúmeras baixas e grande parte da cidade destruída por bombardeios. Até mesmo estruturas civis têm sido alvo dos russos, como uma maternidade e um teatro onde até 1.300 pessoas buscavam refúgio.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.