Clínica de transição de gênero faz castração química em crianças

Médica do hospital admite que cirurgias ‘dão muito dinheiro’, porque exigem muitos retornos
-Publicidade-
Um cidadão portando a bandeira transgênero
Um cidadão portando a bandeira transgênero | Foto: Reprodução

O governador republicano do Tennessee, Bill Lee, pediu a abertura de uma investigação sobre uma clínica de transição de gênero que inicia a castração química de “pacientes” a partir de 13 anos de idade.

Vídeos obtidos pelo comentarista político Matt Walsh mostram como os funcionários da Clínica Pediátrica de Transgêneros do Vanderbilt University Medical Center (VUMC) eram ameaçados por cogitar a hipótese de não seguir os procedimentos.

“A clínica pediátrica de transgêneros levanta sérias preocupações morais, éticas e legais”, disse Lee, ao portal The Daily Wire. “Não devemos permitir decisões permanentes que alterem a vida, prejudiquem as crianças e suprimam as liberdades religiosas, tudo com objetivo de ganho financeiro. Isso merece uma investigação completa.”

-Publicidade-

Em um dos vídeos compartilhados por Walsh, a médico Shayne Sebold Taylor, da clínica pediátrica de transgênero, admitiu: “Essas cirurgias são trabalhosas, exigem muito acompanhamento, exigem muito de nosso tempo e dão dinheiro”, salientou. “Elas dão dinheiro para o hospital.”

O centro médico oferece tratamentos transgêneros a menores. Um vídeo do canal Vanderbilt Psychiatry, no YouTube, revela que o hospital “admite explicitamente que darão e deram drogas hormonais irreversíveis para crianças a partir de 13 anos”, disse Walsh.

Na quarta-feira 21, a clínica divulgou um comunicado no qual diz ser vítima de postagens que “deturpam os fatos”. “Estamos e continuaremos comprometidos em fornecer cuidados centrados na família a todos os adolescentes em conformidade com a lei estadual e de acordo com os padrões de prática profissional e as orientações estabelecidas pelas sociedades de especialidades médicas”, informou a companhia.

A clínica informou ainda que “exige o consentimento dos pais para tratar um paciente menor” e “nunca recusa o envolvimento dos pais no cuidado de jovens transgêneros menores de 18 anos”.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

8 comentários Ver comentários

  1. Perguntamos aos candidatos ao governo de São Paulo como acabar com a Cracolândia, reduto de viciados no centro da capital paulista. Veja o que eles responderam:

    *Fernando Haddad (PT):* Essa população de viciados não pode ficar na rua, vamos alugar apartamentos para eles morarem no centro de São Paulo e lhes dar algum dinheiro para comprarem comida.

    *Rodrigo Garcia (PSDB):* Vamos colocar a polícia atrás desses viciados e expulsá-los do centro de São Paulo. Lugar de pobre viciado é na periferia.

    *Tarcísio de Freitas (Republicanos):* É necessario promover o acolhimento para reinserção social, com desintoxicação, capacitação, geração de trabalho e renda. Melhorar as condições das comunidades terapêuticas, com proximidade à natureza. Criar “portas de saída” como programas de inserção de pessoas em situação de rua, ex-dependentes e egressos do sistema prisional no mercado de trabalho formal, principalmente em empresas parceiras e em obras contratadas e/ou concedidas pelo Estado.

    https://revistaoeste.com/politica/eleicoes-2022/cracolandia-o-que-dizem-os-programas-dos-candidatos-ao-governo-de-sp/

  2. Essa obsessão por transgêneros que é uma importante bandeira da esquerda woke é um grande negócio e um crime perpetrado por adultos pervertidos e sua tara pela sexualização de crianças.

  3. Essa obsessão com transgenderismo que virou bandeira da esquerda woke é um grande negócio e um crime contra crianças e adolescentes perpetrado por adultos pervertidos com suas taras pela sexualização de crianças.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.