Colômbia: explosão em mina de carvão deixa operários soterrados

Há três dias, as equipes de socorro tentam acessar o local para resgatar 14 trabalhadores
-Publicidade-
Um acidente que ocorreu em março de 2021 deixou a mina fechada até maio deste ano
Um acidente que ocorreu em março de 2021 deixou a mina fechada até maio deste ano | Foto: Reprodução/Twitter

Desde segunda-feira 30, cerca de 50 socorristas tentam acessar uma mina de carvão na cidade de Zulia, na Colômbia, para resgatar 14 operários que estão presos no local, depois que uma explosão provocou a interdição da saída da mina. Eles tentam descer cerca de 200 metros e, de acordo com a Agência Nacional de Mineração (ANM), a expectativa é que os socorristas encontrem os mineiros ainda nesta quinta-feira, 2.

“Avançamos 70% em termos de distância do ponto onde se presume que estavam os trabalhadores”, disse, à agência de notícias France Presse, Catalina Gheorghe, que lidera a operação de buscas da estatal ANM.

As causas do acidente ainda são investigadas. Por enquanto, a principal hipótese é que a concentração de metano no interior da mina provocou a explosão, um incêndio posterior e um desmoronamento, segundo as autoridades.

-Publicidade-

“Estamos buscando pessoas com a esperança de que estejam vivas. Mas foi uma explosão muito forte, na qual houve altas temperaturas, pressões muito altas e elevadas concentrações de monóxido de carbono”, disse Gheorghe.

Um dos trabalhadores que estavam fora do buraco, mas que acabou atingido pela explosão na hora do acidente, morreu ontem com queimaduras graves.

Segundo a ANM, a mina “contava com as permissões para operar”, apesar de seus trabalhos terem sido suspensos em março do ano passado por outro acidente, que a manteve fechada até maio deste ano.

A Colômbia registrou no ano passado 148 mortes em acidentes mineiros. O petróleo e o minério são os principais produtos de exportação do país.

Leia também: “Isto é uma reserva indígena”, texto Gabriel Arruda Castro publicado na edição 111 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.