Revista Oeste - Eleições 2022

Colômbia: tentativa de fuga deixa 49 mortos em presídio

Segundo os bombeiros, os presos atearam fogo em colchões, provocando um grande incêndio
-Publicidade-
O fogo começou durante a madrugada em um dos pavilhões da unidade
O fogo começou durante a madrugada em um dos pavilhões da unidade | Foto: Reprodução/Redes sociais

Detentos do Presídio de Tuluá, localizado no oeste da Colômbia, provocaram um forte incêndio, em uma tentativa de fuga da penitenciária nesta terça-feira, 28. O acidente, segundo as autoridades, causou a morte de 49 presos e deixou 30 feridos.

A tentativa de fuga ocorreu durante a madrugada, em um pavilhão com cerca de 200 detentos. De acordo com as informações, a guarda carcerária tentava evitar a fuga quando os reclusos atearam fogo em colchões.

“Houve uma ligação à 1h20 da manhã sobre um possível motim. Verificou-se que houve a queima de muitos colchões, e até agora há cerca de 50 pessoas transferidas para centros de acolhimento”, disse o porta-voz do Corpo de Bombeiros de Tuluá, Marco Antonio Orozco, à rádio Blu, da Colômbia.

-Publicidade-
O Presídio de Tuluá tem cerca de 1,2 mil detentos, uma ocupação 20% maior que a capacidade da unidade prisional

Depois de saber da notícia, o presidente Iván Duque, através de sua conta no Twitter, lamentou o ocorrido e pediu que fossem realizadas as respectivas investigações para esclarecer as causas.

“Lamentamos os fatos ocorridos no presídio. Estou em contato com o diretor do Inpec, general Tito Castellanos, e dei instruções para realizar investigações para esclarecer essa terrível situação. Minha solidariedade às famílias das vítimas”, publicou o presidente.

 

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.