CoronaVac não é adequada para combater a pandemia, diz primeiro-ministro da Itália

A declaração se deu durante coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica, depois de dois dias de reuniões entre os líderes da União Europeia
-Publicidade-
O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi
O primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi | Foto: Divulgação/Governo da Itália

Nesta sexta-feira 25, o primeiro-ministro da Itália, Mario Draghi, afirmou que a “vacina chinesa” utilizada no Chile não é adequada para combater a pandemia, em referência à CoronaVac. De acordo com a agência Ansa, a declaração se deu durante uma coletiva de imprensa em Bruxelas, na Bélgica, depois de dois dias de reuniões entre os líderes dos 27 Estados-membros da União Europeia.

“Discutimos sobre os vários tipos de vacinas, e a constatação foi que a vacina russa Sputnik ainda não conseguiu, e talvez jamais conseguirá, a aprovação da Agência Europeia de Medicamentos (EMA); e a vacina chinesa, que nunca fez o pedido e que, em todo caso, a EMA nunca aprovou, mostra que não é adequada, vendo-se a experiência no Chile, para enfrentar a epidemia”, disse Draghi.

Leia também: “Seis idosos vacinados com duas doses da CoronaVac morrem de covid em asilo no PR”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

19 comentários

    1. Desculpe, mas vai aguardar sentado. Por que você acha que criaram essa CPI? OS 7 vagabundos estão envolvidos com essas vacinas. Não conseguiram dindin e agora querem se vingar.

  1. Obrigado Dória! Você me ensinou que tudo o que é feito com vaidade e na correria, não dá certo! Ocorre que tudo o que foi feito por você envolveu milhares de vidas vidas e bilhões do dinheiro dos impostos dos brasileiros. Você precisa arcar com essa responsabilidade!

  2. Sou a prova viva e inconteste que a Vacina Shin Ling chinesa Corona Vac, não é confiável! É totalmente ineficaz, como imunizante! Fiz dois exames em laboratórios distintos Anticorpos IgG e IgM com resultado NÃO REAGENTE – O primeiro, após 17 dias depois da segunda dose e o segundo 34 dias após. Preciso de uma resposto, estou no grupo de risco, tenho 71 anos e sou diabético. A autoridades responsáveis pelo programa de Vacinação, precisa me orientar o que fazer ! Exijo e tenho este direito!

    1. Estamos num beco sem saída. Se ficar o bicho pega, se correr o bicho come. Estou na mesma situação, tenho 76 anos e, também sou diabético. Também já tomei as duas doses dessa “tranqueira”. Faremos o que agora…

  3. Tem que avisar esse italiano que não foi só no Chile que não deu certo. Aqui no Brasil também não deu certo. E agora, vai chamar Doriana e ANVISA na PF?

  4. Desde o início ficou evidente que a coisa toda era um grande golpe de estelionato para arrancar dinheiro do gov federal. A encenação teatral de marketing, o “senso de urgência”, a falta de dados de testes, o sigiloso contrato com os chineses e, por fim, na hora da montanha parir o rato, o marqueteiro foi se esconder em Miami. E como o alvo do golpe era Bolsonaro, a extrema imprensa participou ativamente. O resultado dessa canalhice misturada com esquerdofrenia é a perda de milhares de vidas de idosos que foram criminosamente vacinados com um placebo caro. O nome disso é genocídio. Quem é que vai pagar por isso, Brasil?

  5. E agora? Tomei as 2 doses da CoronaVac, que, segundo a Agência Europeia EMA não tem eficiência, apontando o Chile como exemplo de País que utilizou a CoronaVac na população com “eficiência negativa de imunização”! Devo tomar outra vacina para garantir minha imunização?

    1. Caro Saulo,
      Minha mãe (com 80 anos) tomou esse placebo xing ling… estou pensando seriamente em, assim que for possível, vaciná-la com uma vacina de verdade.
      Sugiro que você faça o mesmo.

  6. O povo paulista é a principal vítima dessa vacina que não imuniza. Dória tem muito a explicar. O Butantan sempre foi respeitado, não poderia se meter com uma vacina que nunca mostrou transparência. Explica aí. Dimas Covas. São motivos eleitoreiros ou econômicos do sr Dória? Ou os dois?

  7. Essas republiquetas bananeiras como Costa Rica, União Europeia, Estados Unidos, Canadá, Austrália não conhecem a “siência” que aqui veneramos de joelhos.
    Deu na Grobo que a vacina é boa. Eeeeeeeeeê!

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site