Coronavírus afeta a compra e a venda de ouro no mercado mundial

Há grande demanda pelo metal, mas as maiores refinarias da Europa estão fechadas
-Publicidade-
Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR
Foto: DIVULGAÇÃO/FLICKR | ouro venezuelano

Há grande demanda pelo metal, mas as maiores refinarias da Europa estão fechadas

Em vários países, o engessamento da cadeia de produção vem afetando severamente o mercado de ouro, informa o jornal Financial Times. A causa é conhecida e tem nome: coronavírus. Empresas relataram que não há metal suficiente para liquidar contratos futuros negociados na Bolsa de Nova York.

Segundo analistas ouvidos pelo jornal, o cenário reflete preocupações com a forte demanda do metal no varejo, combinada com o fechamento das maiores refinarias de ouro da Europa, mais precisamente no cantão suíço de Ticino, que faz fronteira com a Itália, onde o vírus matou milhares de pessoas.

-Publicidade-

“A demanda por ouro físico sobrecarregou o sistema”, afirmou o fundador do Commodity Discovery Fund, Willem Middelkoop. “Isso não teria sido um problema se as refinarias da Suíça estivessem no negócio, mas estão fora do mercado pela primeira vez em mais de 100 anos”, concluiu.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.