-Publicidade-

Coronavírus: BID aumenta empréstimos a países

O Banco Interamericano de Desenvolvimento anunciou nesta quinta-feira, 26, que estuda colocar à disposição dos países que são membros mutuários da instituição até US$ 12 bilhões para enfrentar a pandemia de coronavírus. Do previsto inicialmente, US$ 3,2 bilhões de dólares adicionais podem ser direcionados ao programa de empréstimos para 2020.
Inter-American Development Bank headquarters at Washington, D.C.
Inter-American Development Bank headquarters at Washington, D.C.

O banco é a principal fonte de financiamento para o desenvolvimento da América Latina e do Caribe

O Banco Interamericano de Desenvolvimento anunciou nesta quinta-feira, 26, que estuda colocar à disposição dos países membros mutuários da instituição até US$ 12 bilhões para enfrentar a pandemia de coronavírus.

Do previsto inicialmente, US$ 3,2 bilhões de dólares adicionais podem ser direcionados ao programa de empréstimos para 2020.

Em comunicado, o banco, que tem sede em Washington, nos Estados Unidos, disse que vai reprogramar o calendário de projetos de saúde para dar uma resposta “imediata” à pandemia.

Segundo a agência France-Presse, o BID concentrará os esforços em quatro áreas:

  • fortalecimento “imediato” dos sistemas de saúde pública;
  • medidas para proteger as populações mais afetadas;
  • apoio ao emprego e à produção – especialmente pequenas e médias empresas;
  • consultoria aos países para implementar políticas fiscais para aliviar os impactos econômicos.

A instituição destacou que os governos podem pedir para redirecionar até US$ 1,35 bilhão de projetos que já estão em execução para ter recursos para enfrentar a crise.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.
R$ 19,90 por mês