Pandemia: ao menos 50 mil brasileiros deixaram de ser diagnosticados com câncer

Cirurgias para a retirada de tumores também foram adiadas.
-Publicidade-
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Cirurgias para a retirada de tumores também foram adiadas

Foto: Agência Brasil

Desde o início da pandemia da covid-19 no Brasil, ao menos 50 mil brasileiros deixaram de ser diagnosticados com câncer. Outros milhares de pacientes, já com o tumor detectado, tiveram os tratamentos suspensos. Só em abril, cerca de 70% das cirurgias de câncer foram adiadas.

-Publicidade-

As estimativas são das Sociedades Brasileiras de Patologia e de Cirurgia Oncológica e foram divulgadas pelo jornal O Estado de S. Paulo nesta quarta-feira, 13.

Os dados indicam dois fenômenos: os cancelamentos de procedimentos não urgentes, como exames, consultas e cirurgias; e a recusa de pacientes com outras doenças ou sintomas em procurar um hospital ou clínica por medo de contaminação.

De março até hoje, foram 5.940 biópsias realizadas na rede pública de São Paulo, ante 22.680 no mesmo período do ano passado, queda de 73%.

Em um centro de referência que atende o Ceará, o número caiu de 18.419 para 4.993 no mesmo intervalo.

“Há serviços que ficaram uma semana inteira sem receber um único material para análise. O nosso medo é que tenhamos, daqui a alguns meses, uma epidemia de câncer em estágio avançado, inoperáveis, com baixa chance de cura”, alerta Clóvis Klock, presidente do Conselho Consultivo da Sociedade Brasileira de Patologia.

A sociedade estimou que houve queda de ao menos 50% no número de diagnósticos de câncer no país nos últimos dois meses – o que leva à estimativa de 50 mil casos que continuam desconhecidos pelos pacientes.

No Instituto do Câncer do Estado de São Paulo, o número de pacientes novos que chegam para iniciar tratamento no local despencou 30%, segundo Paulo Hoff, diretor da unidade e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Fluxos separados

Para que os atendimentos possam voltar à normalidade dentro do possível, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Oncológica elaborou um documento em que faz uma série de recomendações aos hospitais para que separem as áreas de atendimento para pacientes com suspeita da covid-19 dos demais.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site