Covaxin gera alta resposta imunológica contra o novo coronavírus

É o que aponta um estudo publicado pela revista ‘The Lancet’
-Publicidade-
A vacina foi produzida pela farmacêutica indiana Bharat Biotech
A vacina foi produzida pela farmacêutica indiana Bharat Biotech | Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo

O estudo clínico de fase 2 da vacina Covaxin, desenvolvida pela farmacêutica indiana Bharat Biotech, mostrou que o imunizante é seguro e capaz de gerar altos níveis de anticorpos contra o novo coronavírus. A pesquisa foi publicada ontem, segunda-feira 8, pela revista The Lancet, uma das mais prestigiadas do meio científico. Os dados foram revisados por pares — cientistas independentes. As informações são baseadas no estudo realizado com 380 participantes adultos e adolescentes, com idades entre 12 e 65 anos, que receberam as duas doses do imunizante na Índia. As respostas dos anticorpos neutralizantes foram significativamente maiores quando a segunda dose da injeção foi aplicada com intervalo de quatro semanas, o dobro do tempo dos protocolos inicialmente usados. De acordo com o artigo, não foram observadas diferenças imunológicas entre homens e mulheres ou entre grupos de idade. O Ministério da Saúde assinou em fevereiro um contrato que garante a compra de 20 milhões de doses do imunizante para o Brasil. Os primeiros 16 milhões de doses devem chegar entre março e abril. As informações são do Metrópoles.

Leia também: “Covaxin tem eficácia de mais de 80% contra covid-19, diz empresa indiana”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.