Covaxin tem eficácia de mais de 80% contra covid-19, diz empresa indiana

Segundo a Bharat Biotech, efeitos adversos graves ocorreram em 'níveis muito baixos'
-Publicidade-
No Brasil, o Ministério da Saúde anunciou acordo para compra de 20 milhões de doses da vacina indiana
No Brasil, o Ministério da Saúde anunciou acordo para compra de 20 milhões de doses da vacina indiana | Foto: Divulgação

A farmacêutica indiana Bharat Biotech anunciou nesta quarta-feira, 3, que dados preliminares apontam eficácia de 80,6% da vacina Covaxin, contra a covid-19, para casos sintomáticos da doença. Segundo a Reuters, a análise tomou como base um estudo de fase 3 que reuniu mais de 25 mil voluntários e foi realizado pelo departamento de pesquisa médica do governo da Índia.

Participaram do estudo 2,4 mil voluntários com 60 anos ou mais, além de 4,5 mil que apresentavam alguma comorbidade. Foram registrados 43 casos de covid-19, todos nos participantes que receberam o placebo, e apenas sete casos entre aqueles vacinados com o imunizante da Bharat Biotech.

-Publicidade-

Leia também: “MP pede suspensão de compra da vacina Covaxin ao TCU”

De acordo com a empresa indiana, efeitos adversos graves ocorreram em “níveis muito baixos” e de forma equilibrada entre os grupos que tomaram a vacina e o placebo.

A campanha de vacinação contra a covid-19 já está em andamento na Índia. Além da Covaxin, o imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca, também usado no Brasil, vem sendo aplicado na população. A primeira dose da Covaxin foi aplicada no primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, no início da semana.

No Brasil, o Ministério da Saúde anunciou, na semana passada, um acordo para a compra de 20 milhões de doses da Covaxin.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.