Covid: BioNTech busca aprovação de vacina para crianças de 5 a 11 anos

A expectativa é que o público-alvo seja imunizado em outubro
-Publicidade-
O imunizante é fabricado e distribuído pela Pfizer
O imunizante é fabricado e distribuído pela Pfizer | Foto: Reprodução/Mídias Sociais

A BioNTech vai pedir autorização para aplicar sua vacina contra a covid-19 em crianças entre cinco e 11 anos, informou o jornal alemão Der Spiegel, na quinta-feira 9. O imunizante é fabricado e distribuído pela Pfizer, parceira da companhia no desenvolvimento do produto.

Leia também: “Pfizer vai produzir vacinas no Brasil”

“Nas próximas semanas, apresentaremos os resultados de nosso estudo em crianças de cinco a 11 anos às autoridades em todo o mundo”, anunciou Oezlem Tuereci, médico-chefe da BioNTech. “Além disso, solicitaremos a aprovação da vacina para essa faixa etária, inclusive aqui na Europa”, acrescentou, ao mencionar que as fábricas a serviço da farmacêutica já estão funcionando. “O imunizante é o mesmo, porém menos dosada e com menos enchimento.”

-Publicidade-

Leia mais: “Covid-19: Pfizer fará entrega recorde de doses em setembro”

A expectativa é que as crianças com menos de 12 anos comecem a ser vacinadas em outubro. Até o fim deste ano, a empresa pretende ter os resultados dos testes na faixa etária abaixo dos 5 anos.

Leia também: “A supervacina”, reportagem publicada na Edição 39 da Revista Oeste

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro