Covid-19: Cuba se recusa a abrir corredor humanitário para ajuda estrangeira

País vive grave crise de falta de produtos hospitalares básicos, medicamentos e oxigênio
-Publicidade-
Cuba enfrenta aumento de casos e mortes por covid-19
Cuba enfrenta aumento de casos e mortes por covid-19 | Foto: Alexander Kunze/Unsplash

Mesmo enfrentando o pior momento da pandemia de covid-19, a ditadura de Cuba se negou a abrir um “corredor humanitário” para receber ajuda de outros países e organizações internacionais. O Ministério das Relações Exteriores cubano reconhece que a situação é crítica no país, mas rechaça o que classifica como “intervenção”.

“Alguns, de maneira intencional e manipulada, mencionam a necessidade de implementar corredores humanitários, de intervenção humanitária. Esses são conceitos e termos relacionados a situações de conflito armado, violações graves do direito humanitário internacional, que não têm nada a ver com o que está acontecendo no país”, afirmou o diretor-geral dos Assuntos Consulares e Cubanos Residentes no Exterior, Ernesto Soberón.

Leia mais: “Vacina cubana contra a covid-19 é testada em venezuelanos”

-Publicidade-

Em meio a uma grave crise de falta de produtos hospitalares básicos, medicamentos e oxigênio, Cuba registrou, no sábado 10, pelo terceiro dia consecutivo, seu recorde de mortes causadas pelo novo coronavírus (31), além de 6.750 casos confirmados, de acordo com dados do Ministério da Saúde Pública.

Leia também: “Cresce o número de cubanos que fogem para os EUA”

Com informações da agência Efe

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site