Covid-19: governo da Índia ordena que redes sociais removam expressão ‘variante indiana’

Nova cepa do coronavírus, predominante no país, já chegou a 43 nações em todo o mundo, entre as quais o Brasil
-Publicidade-
Variante indiana do coronavírus já se espalhou por diversos países, entre os quais o Brasil
Variante indiana do coronavírus já se espalhou por diversos países, entre os quais o Brasil | Foto: Reprodução/Redes Sociais

Epicentro da pandemia de covid-19, a Índia vem sofrendo ainda mais desde o surgimento do que tem sido chamado de “variante indiana” do coronavírus. Trata-se de uma nova cepa, a B.1.617, hoje predominante em todo o país e que já chegou ao Brasil.

O governo da Índia determinou que todos os conteúdos que utilizam a expressão “variante indiana” devem ser removidos das plataformas digitais, sob pena de as empresas terem de pagar multas.

-Publicidade-

Leia mais: “Infectado com variante indiana, tripulante de navio é intubado no Maranhão”

“Estamos cientes de que estão circulando na internet informações falsas sobre uma variante indiana do coronavírus que está se espalhando em outros países. Isso é completamente falso”, diz um comunicado do governo indiano ao qual a agência France-Presse teve acesso.

Leia também: “Vacinas de AstraZeneca e Pfizer são eficazes contra variante indiana”

De acordo com o Ministério de Tecnologia da Informação, o governo já havia feito uma série de apelos para que “notícias falsas e desinformação” fossem contidas no país, mas as empresas de tecnologia teriam se recusado a tomar qualquer atitude. Ainda segundo as autoridades indianas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) não relacionou a nova cepa do coronavírus “a nenhum país específico”.

A variante indiana do coronavírus já foi identificada em pelo menos 43 países, entre os quais Reino Unido e Brasil.

Leia também: “São Paulo quer barreiras sanitárias em aeroportos para conter variante indiana”

Com informações da agência France-Presse

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site