Covid-19: Índia registra o menor número de novos casos nos últimos 2 meses e cidades começam a reabrir

Desde o começo da pandemia, contraíram a doença 28,9 milhões de indianos, dos quais 349 mil morreram
-Publicidade-
Cidades como Nova Délhi e Mumbai começam a retomar suas atividades
Cidades como Nova Délhi e Mumbai começam a retomar suas atividades | Foto: Herbert Hansen/Pixabay

A Índia relatou 100 mil novos casos da covid-19 nesta segunda-feira, 7. Este é o menor registro diário desde 6 de abril. A contagem de mortos em 24 horas atingiu 2.427. Ocorrido em maio, o pico de contaminações diárias passou de 400 mil, e o de mortes ficou acima de 4 mil. Desde o começo da pandemia, contraíram a doença 28,9 milhões de indianos, dos quais 349 mil morreram. Cidades como Nova Délhi e Mumbai começam a retomar suas atividades.

Leia também: “Eleições no Peru: candidata da direita lidera disputa presidencial”

-Publicidade-

Em Nova Délhi, as lojas podem abrir de modo alternado, divididas meio a meio entre dias pares e ímpares. A capacidade de operação dos escritórios e das redes ferroviárias ficou limitada a 50%. Ainda é proibido frequentar academias, teatros e restaurantes para consumo no local.

Na cidade de Mumbai, as regras estão menos rígidas. Com metade dos funcionários, as lojas podem se manter abertas até o fim da tarde. Academias, spas e salões podem funcionar. Os cinemas e os shoppings permanecem fechados.

Telegram
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site