Covid-19: ventilar ambientes é mais importante do que limpar compras

É o que afirma a agência de saúde pública dos Estados Unidos, denominada Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC)
-Publicidade-
Seringa e representação do novo coronavírus | Foto: pearson0612/Pixabay
Seringa e representação do novo coronavírus | Foto: pearson0612/Pixabay | Foto: Reprodução/Pixabay

A agência de saúde pública dos Estados Unidos, denominada Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), afirmou que o risco de infecção pelo novo coronavírus é maior em situações de contato direto, transmissão por gotículas ou partículas ainda menores que as gotículas, as chamadas aerossóis. Segundo o CDC, o risco de transmissão da covid-19 pelo contato com superfícies contaminadas é considerado mais baixo. O contágio pelo ar varia em função de fatores como quantidade de pessoas presentes em um local, ventilação do ambiente, tempo de exposição e uso adequado das máscaras de proteção. Não obstante as considerações a respeito do maior risco de contágio em situações de contato direto, médicos e cientistas ressaltam que a higienização das mãos e de produtos deve ser mantida, uma vez que o risco de contágio por covid-19 e outras doenças é ainda mais reforçado dessa forma.

Leia também: “Covid-19: técnica de enfermagem é presa levando restos de vacina para casa”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro