Criação de novas vagas desacelera em agosto nos Estados Unidos

Diminuição da demanda por serviços e avanço da variante Delta do coronavírus tiveram influência no resultado
-Publicidade-
Ritmo de criação de novos empregos nos Estados Unidos desacelerou em agosto
Ritmo de criação de novos empregos nos Estados Unidos desacelerou em agosto | Foto: Luca Bravo/Divulgação/Unsplash

Segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 3, pelo Departamento do Trabalho do governo dos Estados Unidos, a criação de novas vagas no mercado registrou desaceleração em agosto, em meio à diminuição da demanda por serviços e ao avanço da variante Delta do novo coronavírus no país.

No mês passado, foram abertos 235 mil postos de trabalho, ante 1,053 milhão de julho. A taxa de desemprego recuou de 5,4% para 5,2% no período. Analistas do mercado consultados pela agência Reuters projetavam que fossem abertas 728 mil vagas (as estimativas variavam entre 375 mil e 1,027 milhão).

Leia também: “Pedidos semanais de auxílio-desemprego nos EUA registram queda”

-Publicidade-
Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro