Déficit comercial dos Estados Unidos bate recorde em junho

Cifras chegam a US$ 75,7 bilhões, um aumento de 6,7% em relação a maio
-Publicidade-
Economia norte-americana voltou a registrar déficit comercial em junho
Economia norte-americana voltou a registrar déficit comercial em junho | Foto: Reprodução/Pexels

O déficit comercial dos Estados Unidos avançou de US$ 71 bilhões em maio para US$ 75,7 bilhões em junho — um aumento de 6,7%. Segundo o Departamento do Comércio, as importações de bens aumentaram 1,8%, para US$ 239,1 bilhões, também uma máxima recorde. As exportações de bens registraram alta, de 0,2%, para US$ 145,9 bilhões em junho.

Na semana passada, o governo norte-americano havia informado que os gastos do consumidor aumentaram no segundo trimestre, com crescimento sólido nas despesas com bens. A aceleração nos gastos do consumidor contribuiu para o Produto Interno Bruto (PIB) atingir seu pico no quarto trimestre de 2019.

A economia dos Estados Unidos recuperou-se mais rapidamente da pandemia do que outros países devido ao estímulo fiscal, às baixas taxas de juros e ao alto nível de vacinação contra o coronavírus. Ao mesmo tempo, isso pressionou o déficit comercial, que pesou sobre o PIB por quatro trimestres consecutivos.

-Publicidade-

Com informações do jornal The Wall Street Journal

Leia também: “Gastos com consumo nos Estados Unidos avançam 1% em junho”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro