-Publicidade-

Democracia enfraquece na Europa com ações de combate à pandemia, aponta estudo

'Nenhum país da UE está imune a ameaças à democracia e esforços mais concretos são muito necessários para reverter tendências preocupantes', alerta a publicação
Nenhum país da UE está imune a ameaças à democracia
Nenhum país da UE está imune a ameaças à democracia | Foto: David Mark/Pixabay

Medidas adotadas por países europeus no combate à covid-19 estão enfraquecendo a democracia. O alerta aparece em relatório da União das Liberdades Civis para a Europa, grupo de direitos humanos com atuação em 18 países da União Europeia (UE). Depois de investigar regras estabelecidas sob o pretexto de conter a pandemia, a entidade concluiu que muitas ações têm pouco a ver com a crise sanitária e afetam o Estado de Direito.

Leia também: “O novo totalitarismo”, reportagem de capa da Edição 50 da Revista Oeste

“As liberdades das pessoas, incluindo o direito de protestar, foram reduzidas em uma tentativa de impedir a propagação do vírus e a legislação passou frequentemente por procedimentos rápidos”, revela o documento, que fala em restrição da “possibilidade de a sociedade civil envolver-se no processo político“.

De acordo com o relatório, o ambiente tem se tornado cada vez mais hostil para os jornalistas na Espanha e na Itália. Na França, Croácia e Bulgária houve a interrupção de protestos e a detenção arbitrária de manifestantes. A polícia alemã reprimiu manifestações que respeitavam o distanciamento social. Na Irlanda, preocupações quanto à privacidade dos cidadãos levanta questionamentos sobre um aplicativo de rastreamento ainda não respondidos pelas autoridades locais.

“Nenhum país da UE está imune a ameaças à democracia e esforços mais concretos são muito necessários para reverter tendências preocupantes”, alerta a publicação.

O texto ainda relata que a pandemia foi usada na Hungria, Polônia e Eslovênia para fortalecer o poder vigente e limitar as críticas ao governo. Segundo o site Poder360, o primeiro-ministro húngaro governa agora por decreto.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

2 comentários

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.