Depois de 22 anos, oposição vence eleições na Venezuela

O Estado de Barinas, berço do ex-ditador Hugo Chávez, será comandado pelo representante da Mesa Democrática Unida
-Publicidade-
Os eleitores de Barinas elegeram o candidato Sergio Garrido, da Mesa Democrática Unida, partido de oposição apoiado pelos Estados Unidos
Os eleitores de Barinas elegeram o candidato Sergio Garrido, da Mesa Democrática Unida, partido de oposição apoiado pelos Estados Unidos | Foto: Reprodução/Twitter

A oposição venezuelana saiu vitoriosa nas eleições para governador no Estado de Barinas, berço do ex-ditador Hugo Chávez.

Assim, põe-se fim a um período de 22 anos em que familiares do líder bolivariano estiveram à frente do governo estadual.

A disputa de domingo 10 foi realizada depois que a Justiça, alinhada ao chavismo, anulou o pleito realizado no último mês de novembro, quando os resultados indicavam uma vitória da oposição.

-Publicidade-

De acordo com a agência de notícias Associated Press, os eleitores de Barinas elegeram o candidato Sergio Garrido, representante da Mesa Democrática Unida (MUD), partido de oposição apoiado pelos Estados Unidos.

O resultado oficial não havia sido confirmado pelas autoridades eleitorais até a noite de domingo.

Por sua vez, o candidato do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) e chanceler do país, Jorge Arreaza, reconheceu a derrota.

“A informação que recebemos de nossas estruturas do PSUV revelam que, ainda que tenhamos aumentado nossos votos, não conseguimos alcançar o objetivo. Agradeço de coração à nossa militância heroica. Seguiremos protegendo o povo barinês em todos os espaços”, ele escreveu no Twitter.

Estado natal de Chávez

A disputa em Barinas foi marcada pela anulação do resultado original em novembro pelo Tribunal Supremo de Justiça, ligado ao ditador Nicolás Maduro, sucessor de Chávez.

Na ocasião, a Corte também decidiu que o candidato opositor Freddy Superlano, que estava à frente na apuração, não poderia concorrer no novo pleito por ele ser acusado de corrupção.

Com o reconhecimento da derrota pelo chavismo, a oposição deverá assumir o governo do Estado natal de Chávez (1954-2013). O PSUV governava Barinas desde 1998.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.