Depois de duas semanas de protestos violentos, África do Sul retoma julgamento de Zuma

Pelo menos 215 pessoas morreram nas manifestações em apoio ao ex-presidente, preso por corrupção
-Publicidade-
Ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma teve o julgamento retomado nesta segunda-feira, 19
Ex-presidente da África do Sul Jacob Zuma teve o julgamento retomado nesta segunda-feira, 19 | Foto: Divulgação/GCIS

A Justiça sul-africana retomou nesta segunda-feira, 19, o julgamento do ex-presidente Jacob Zuma, preso há dez dias sob acusações de corrupção. O país enfrentou mais de duas semanas de manifestações organizadas por simpatizantes de Zuma e marcadas pela violência e vandalismo.

Segundo as autoridades locais, pelo menos 215 pessoas morreram nos protestos dos últimos dias. A polícia confirma mais de mil prisões.

Leia mais: “Protestos por prisão de Zuma na África do Sul têm 72 mortos e mais de mil detidos”

-Publicidade-

Dezenas de militares e policiais foram mobilizados para o centro da cidade de Pietermaritzburgo, onde fica localizado o tribunal que julgará o ex-presidente. A audiência ocorre de forma virtual, por videoconferência, e é transmitida pela televisão.

Leia também: “Ex-presidente da África do Sul é preso por corrupção”

Zuma foi afastado do poder acusado de corrupção em larga escala dentro do Partido Nacional do Congresso Africano. O ex-presidente tinha status de herói nacional por ter lutado contra a política de apartheid ao lado de Nelson Mandela. Mas, segundo o The New York Times, já era acusado de corrupção antes mesmo de ser eleito. Segundo o atual presidente, Cyril Ramaphosa, no mandato de Zuma “dezenas de bilhões de dólares” foram desviados dos cofres públicos. Além disso, seu governo deixou a economia estagnada e altos índices de desemprego. Atualmente, o índice de desocupação no país é de 32%.

Leia também: “Polícia prende 27 em protestos após prisão de ex-presidente da África do Sul”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site