Depois de protesto da oposição, esquerda vai às ruas para apoiar governo da Bolívia

Lideranças do Movimento ao Socialismo (MAS) e grupos indígenas também participaram das manifestações
-Publicidade-
O presidente da Bolívia, Luis Arce <i>(ao centro)</i>, participa de ato da esquerda em Santa Cruz
O presidente da Bolívia, Luis Arce (ao centro), participa de ato da esquerda em Santa Cruz | Foto: Reprodução/Redes sociais

Um dia depois das manifestações de partidos de oposição contra o presidente da Bolívia, Luis Arce, os governistas reagiram na terça-feira 12 e foram às ruas, denunciando uma suposta tentativa de “golpe” contra a atual gestão.

Lideranças do Movimento ao Socialismo (MAS), partido de Arce e do ex-presidente Evo Morales, convocaram protestos em várias regiões do país. Grupos indígenas também participaram das manifestações.

Leia mais: “Oposição convoca manifestações na Bolívia e pede libertação de ex-presidente”

-Publicidade-

O próprio Arce esteve presente nos atos esquerdistas em Cochabamba e La Paz, duas das principais cidades bolivianas, além de Santa Cruz, um reduto da oposição. Em pronunciamento, o discípulo de Morales afirmou que a direita não aceitou a derrota nas eleições do ano passado, quando ele obteve 55% dos votos. “Se eles não querem respeitar as urnas, vamos fazer respeitar as ruas”, disse. Morales também esteve na manifestação de Cochabamba.

Leia mais: “Ex-presidente da Bolívia afirma que é vítima de intimidações na prisão”

No domingo 11, dezenas de milhares de opositores tomaram as ruas de cidades como La Paz, Cochabamba e Tarija para exigir que Arce “cesse a perseguição político-judicial no caso do falso golpe de Estado e liberte os presos políticos”. Os adversários dos socialistas pedem a libertação imediata da ex-líder interina do país, Jeanine Áñez, detida desde março e acusada de crimes como sedição, terrorismo e genocídio.

Reportagem especial: “Bolívia: revanche da esquerda tem prisões políticas e perseguição a opositores”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.