Exames indicam que opositor de Putin foi envenenado

Alexei Navalny está em coma desde a última quinta-feira, 19, e foi transferido para um hospital na Alemanha
-Publicidade-
Alexei Navalny, político russo | Foto: Michał Siergiejevicz/Flickr
Alexei Navalny, político russo | Foto: Michał Siergiejevicz/Flickr

Alexei Navalny está em coma desde a última quinta-feira, 19, e foi transferido para um hospital na Alemanha

Alexei Navalny
Alexei Navalny, político russo | Foto: Michał Siergiejevicz/Flickr

Médicos alemães que trataram do opositor do governo russo Alexei Navalny disseram nesta segunda-feira, 24, que exames clínicos indicam que ele foi envenenado.

-Publicidade-

Navalny está internado em um hospital de Berlim desde sábado, quando foi transferido de um hospital na Sibéria.

Em comunicado, o hospital disse que uma equipe de médicos examinou o político em sua chegada e que os resultados clínicos indicaram “intoxicação por uma substância da classe de drogas inibidoras da colinesterase”.

Leia mais: “CEO do Facebook fez lobby contra chinesas da tecnologia”

Eles disseram que ainda não tinham apurado a substância exata e iniciaram uma “análise abrangente”.

Os inibidores da enzima colinesterase, essencial para o funcionamento do sistema nervoso, são geralmente usados ​​para tratar a doença de Alzheimer e a demência e também podem ser empregados ​​na formulação de inseticidas. Navalny está sendo medicado com o antídoto atropina.

Envenenamento

O opositor do presidente russo Vladmir Putin passou muito mal na semana passada a bordo de um avião que ia da cidade siberiana de Tomsk para Moscou.

O avião fez uma parada de emergência em Omsk, onde o oposicionista foi tratado por médicos locais. Mas sua família insistiu que ele fosse transferido.

Navalny ainda está em coma artificial, mas sua vida não corre perigo.

Segundo o jornal Financial Times, o relatório médico destaca que o prognóstico não é claro e não se podem excluir consequências de longo prazo para Navalny, por exemplo, no sistema nervoso.

Alexei Navalny

Alexei Navalny, de 44 anos, é o rosto da oposição ao Kremlin.

No ano passado, ele alegou ter sido envenenado com uma substância desconhecida que provocou reação alérgica severa enquanto cumpria uma de suas muitas sentenças de prisão por protestar contra Putin.

Em 2017, um ativista pró-Kremlin o atacou com uma substância química que o deixou parcialmente cego de um olho.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro