Desde a chegada do Talibã, 12 mortes ocorreram na capital do Afeganistão

Vítimas foram alvejadas ou pisoteadas enquanto buscavam ajuda para deixar o país
-Publicidade-
Foto: Reprodução/Twitter
Foto: Reprodução/Twitter

Desde o domingo 15, dia em que o Talibã tomou o controle de Cabul, capital do Afeganistão, 12 mortes ocorreram nos arredores ou dentro do aeroporto da cidade. As vítimas foram alvejadas ou pisoteadas enquanto buscavam ajuda para deixar o país. A informação chegou à agência Reuters nesta quinta-feira, 19, através de funcionários da Organização do Tratado do Atlântico Norte, que controla a instalação, e de membros do grupo extremista islâmico.

Leia também: “Vice-presidente do Afeganistão assume a resistência ao Talibã”

“Não queremos machucar ninguém no aeroporto”, disse o oficial do Talibã sem revelar sua identificação. Ele pediu às pessoas que ainda estavam amontoadas nos portões do local para voltarem para casa caso não tivessem o direito legal de viajar.

-Publicidade-

Leia mais: “Armas e equipamentos dos EUA ficaram sob domínio do Talibã”

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro