-Publicidade-

Devido à crise gerada pela pandemia, premiê da Eslováquia renuncia ao cargo

Igor Matovic não suportou a pressão interna de seu partido e pediu para sair
Igor Matovic não é mais o primeiro-ministro da Austrália
Igor Matovic não é mais o primeiro-ministro da Austrália | Foto: Reprodução/Flickr

O primeiro-ministro da Eslováquia, Igor Matovic, renunciou ao cargo nesta terça-feira, 30, para superar a crise política causada por sua gestão da pandemia e pela compra escondida de seus parceiros de coalizão da vacina russa contra o coronavírus, a Sputnik V, ainda não liberada pela União Europeia. O eslovaco é o primeiro líder global a cair devido à gestão da pandemia, mas a medida manterá a atual coalizão no poder e evitará eleições antecipadas, ainda que existam incógnitas sobre seu futuro. A presidente do país, Zuzana Caputova, designou o ministro das Finanças, Eduard Heger, para suceder a Matovic, durante uma cerimônia na capital, Bratislava, com a participação dos três políticos, transmitida pela televisão eslovaca.

Leia também: “União Química deve produzir 100 milhões de doses da Sputnik V em 2021”

Com informações do Estadão Conteúdo

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.