Dinamarca vai vetar 5G de países que não são aliados

O governo da Dinamarca anunciou que não vai permitir que países que não sejam aliados sejam fornecedores de tecnologia e infraestrutura de 5G
-Publicidade-
Foto: Olaf Kosinsky/Wikimedia
Foto: Olaf Kosinsky/Wikimedia | Dinamarca - infraestrutura - tecnologia - 5G

Anúncio foi feito pela ministra da Defesa do país; objetivo é “proteger a Dinamarca e os dinamarqueses”

Dinamarca - infraestrutura - tecnologia - 5G
Foto: Olaf Kosinsky/Wikimedia
-Publicidade-

O governo da Dinamarca anunciou que não vai permitir que países que não sejam aliados forneçam  tecnologia e infraestrutura de 5G ao país.

Leia também: “A tecnologia como arma do regime comunista chinês”

Isso pode ser considerado um veto à China, que através de Huawei busca vender a tecnologia chinesa de 5G ao mundo todo, mas enfrenta resistência por acusações de falta de segurança e pela pressão dos Estados Unidos.

Mais: “Após pandemia, EUA esperam que países reavaliem entrada da chinesa Huawei”

“Com o objetivo de proteger a Dinamarca e os dinamarqueses, queremos colaborar com alguém com quem já temos aliança”, anunciou a ministra da Defesa do país, Trine Bramsen, de acordo com a agência de notícias Reuters.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.