Djokovic não poderá disputar em competição na França

País estabeleceu o passaporte da vacina
-Publicidade-
Djokovic foi deportado da Austrália por não ter tomado vacina
Djokovic foi deportado da Austrália por não ter tomado vacina | Foto: Reprodução/Flickr

Caso não apresente o passaporte da vacina, o tenista Novak Djokovic não vai poder jogar no torneio de Roland Garros, que ocorrerá em maio deste ano na França. Isso porque o Parlamento daquele país estabeleceu o certificado sanitário para circulação em locais públicos, inclusive estádios e ginásios.

Em comunicado publicado nesta segunda-feira, 17, o Ministério da Saúde ressaltou que não haverá exceções para não vacinados competirem. “A regra é simples. O passe de vacina será imposto, assim que a lei for promulgada”, salientou a pasta. “Aplica-se a todos que são espectadores ou esportistas.”

Conforme noticiou a Revista Oeste, Djokovic foi deportado da Austrália porque não se vacinou. Um tribunal do país decidiu cancelar o visto do atleta sérvio. Dessa forma, Djokovic teve de deixar o país, sem poder competir no Aberto da Austrália, além de ter sido proibido de entrar na Austrália por três anos.

-Publicidade-

Para entrar no país, Djokovic apresentou teste negativo de covid, atestado de imunidade alta pós-covid e atestado de isenção vacinal, mas não adiantou. “Como você já sabe, tiranete de pandemia não quer saúde, quer vacina”, argumentou o colunista de Oeste Guilherme Fiuza, em artigo na revista.

“O tiranete de pandemia não quer imunidade, quer cartãozinho de rebanho inoculado”, acrescentou Fiuza, na análise.

Leia também: “A Síndrome de Melbourne”, artigo de Guilherme Fiuza publicado na Edição 95 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

7 comentários Ver comentários

  1. Algum de vocês que acha que o Djokovic está certo não quer tentar entrar nos Estados Unidos sem o visto americano? Tentem e depois me contem.

  2. Se lascou de vez dkojovid! Agora que ver se ele vai aguentar a dor do bolso, quando os patrocinadores cancelarem e quero ver ele s defendendo a liberdade de contaminação dele e dos demais.

  3. A luta do Djokovic, não será mais uma disputa nas quadras e sim uma luta política, isso se ele não conseguir resistir, diga-se de passagem a esses facínoras globalistas. O inimigo é muito poderoso, ele deve muito bem saber disso.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.