Dose de reforço da vacina contra covid-19 é autorizada nos EUA

O FDA permitiu o uso dos imunizantes da Pfizer e da Moderna para a dose de reforço
-Publicidade-
A autorização para dose de reforço foi publicada na sexta-feira
A autorização para dose de reforço foi publicada na sexta-feira | Foto: Adriano Ishibashi/FramePhoto/Estadão Conteúdo

Os Estados Unidos autorizaram o uso da dose de reforço da vacina contra a covid-19 em adultos. O FDA (a autoridade sanitária norte-americana) publicou a licença nesta sexta-feira, 19.

De acordo com o FDA, as pessoas com mais de 18 anos vacinadas podem fazer o uso da dose de reforço com os produtos da Moderna e da Pfizer para combater a covid-19. Entretanto, é preciso ter tomado a segunda dosagem há pelo menos de seis meses.

Antes da medida, apenas idosos com mais de 65 anos e adultos imunossuprimidos podiam fazer a aplicação extra. O Comitê Consultivo sobre Práticas de Imunização do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) deve se reunir hoje para discutir outras recomendações clínicas.

-Publicidade-

Cerca de 58% da população dos Estados Unidos completou o esquema vacinal contra a covid-19 até o momento, de acordo com o site Our World In Data, vinculado à Universidade de Oxford. Contudo, somente 40% dos norte-americanos se vacinaram há pelo menos seis meses — período mínimo para aplicação da dose de reforço.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.