Elefante mata caçador clandestino na África do Sul

"Poacher" aparentemente foi pisado por uma de suas vítimas. Não é o primeiro caso
-Publicidade-
Elefante africano (Reprodução: reprodução Enciclopédia Britânica)
Elefante africano (Reprodução: reprodução Enciclopédia Britânica)

Um caçador clandestino foi morto por uma de suas caças no Parque Nacional Kruger, na África do Sul. O suspeito aparentemente foi pisado por um dos elefantes protegidos no parque até a morte. Caçadores clandestinos costumam matar elefantes em parques nacionais para traficar o marfim, geralmente para a China.

Leia mais: “Ilhas Faroe chocam o mundo com o massacre de 1.500 golfinhos num único dia

Segundo o jornal britânico The Times, quase 70% dos rinocerontes do Parque Kruger foram mortos por caçadores clandestinos na última década. Rinocerontes são mortos porque seus chifres são considerados “medicinais” na China e em outros países da Ásia. Os elefantes estão tendo uma fase mais otimista, com a redução de quase 50% na caça desde 2018. Dois anos atrás, um desses caçadores clandestinos (conhecidos como “poachers”) foi morto por elefantes e comido por leões no Kruger National Park. “Entrar a pé ilegalmente no parque não é muito sábio”, declarou um dos guardas ao Times. “Apresenta muitos perigos e este incidente é evidência disso.”

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

9 comentários Ver comentários

  1. os rinocerontes e elefantes são mortos para que o chineses com seus pintos enormes possam matar suas ereções gigantescas cada vez maiores, tem ereção de quase 15 cm com este remédio maravilhoso. o que é a vida de um ser, perto de ter uma geba de 15 cm…

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.