Elon Musk assegura aporte de US$ 7 bilhões para financiar compra do Twitter

Investimentos vieram de um grupo de 19 empresários
-Publicidade-
O empresário Elon Musk, durante o programa TED Show - 30/04/2017 | Foto: Steve Jurvetson/Flickr
O empresário Elon Musk, durante o programa TED Show - 30/04/2017 | Foto: Steve Jurvetson/Flickr

O magnata Elon Musk garantiu um aporte de US$ 7 bilhões (R$ 35 bilhões, na cotação atual) para comprar o Twitter. Um grupo de 19 empresários é responsável pelos investimentos na big tech, conforme o documento enviado por Musk à Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês).

Esses aportes vão permitir que Musk reduza o montante do empréstimo de margem que fez com o banco Morgan Stanley e outras instituições financeiras de quase R$ 13 bilhões para US$ 6,25 bilhões. Um empréstimo de margem permite que o mutuário aumente seu crédito, oferecendo ativos como garantia.

Musk continuará conversando com os atuais acionistas do Twitter, incluindo o fundador da empresa, para contribuir com ações para a aquisição proposta. As ações do Twitter subiram cerca de 2,9% a US$ 50,5 na noite de ontem.

-Publicidade-

Principais investidores da empreitada de Elon Musk

O bilionário Larry Ellison, cofundador do gigante de informática Oracle e membro do conselho de administração da Tesla, garantiu a Musk US$ 1 bilhão. O príncipe Alwaleed Bin Talal Alsaud, um dos maiores acionistas do Twitter, também vai contriubir. Os fundos de investimento Sequoia Capital (US$ 800 milhões), Vy Capital (US$ 700 milhões) e Brookfield (US$ 500 milhões) estão entre os principais contribuintes do aporte para viabilizar a compra da big tech.

Leia também: “O voo da liberdade”, reportagem publicada na Edição 110 da Revista Oeste

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.