Encontrado o mais antigo desenho de um fantasma

A reprodução foi descoberta numa tábua babilônia com 3.500 anos de idade
-Publicidade-
Foto: reprodução British Museum
Foto: reprodução British Museum

A mais antiga concepção de um fantasma foi descoberta nos arquivos do Museu Britânico, em Londres, registrada numa tábua de barro babilônia de 3.500 anos de idade. Segundo o curador do museu, Irving Finkel, a tábua (ou o que restou dela) é um “objeto absolutamente espetacular da Antiguidade”.

Leia mais: “Divulgadas as mais antigas fotos conhecidas da China

A cena mostra um espírito sendo levado com as mãos amarradas pelo fantasma de uma mulher. Na tábua está descrito o ritual para que o espírito seja despachado com sucesso para a vida após a morte. “É obviamente um fantasma masculino, e ele está infeliz”, declarou o curador Irving Finkel ao jornal The Guardian. “A análise final foi que esse fantasma precisava de uma amante.” A tábua termina a descrição do ritual com uma mensagem sinistra: “Não olhe para trás!”

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.