-Publicidade-

Erro humano em fábrica faz Johnson & Johnson perder 15 milhões de doses de vacina

Funcionário de unidade em Baltimore, nos Estados Unidos, misturou ingredientes da vacina da Oxford/AstraZeneca com o imunizante da Janssen
Erro humano em fábrica nos EUA comprometeu 15 milhões de doses de vacina contra a covid-19
Erro humano em fábrica nos EUA comprometeu 15 milhões de doses de vacina contra a covid-19 | Foto: Kevin David/A7 Press/Estadão Conteúdo

Um erro humano em uma fábrica de Baltimore, nos Estados Unidos, durante o processo de produção da vacina da Johnson & Johnson levou à perda de cerca de 15 milhões de doses do imunizante contra a covid-19, informou a edição de quarta-feira 31 do jornal norte-americano The New York Times.

Leia mais: “Anvisa autoriza uso emergencial da vacina da Janssen”

Segundo a publicação, um funcionário da fábrica Emergent BioSolutions misturou ingredientes da vacina da Oxford/AstraZeneca com o imunizante da Janssen, braço farmacêutico da Johnson & Johnson. A empresa é parceira dos dois laboratórios. 

O erro na produção deve atrasar futuras entregas das vacinas da Janssen e da AstraZeneca nos EUA. O caso está sendo investigado pela Food and Drug Administration (FDA), a agência reguladora de saúde norte-americana. A Johnson & Johnson anunciou que vai reforçar a supervisão sobre o trabalho desenvolvido na Emergent BioSolutions.

Na quarta-feira 31, como noticiamos, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial da vacina contra a covid-19 da Janssen no Brasil.

Leia também: “Anvisa concede certificado de boas práticas para Janssen e Sputnik V”

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.