Escultura de Maria Madalena pode ser vendida por R$ 50 milhões em leilão

Obra-prima foi encomendada em 1819 por Robert Jenkinson, ex-primeiro-ministro do Reino Unido
-Publicidade-
De acordo com o jornal Financial Times, os atuais proprietários da escultura são um casal britânico
De acordo com o jornal Financial Times, os atuais proprietários da escultura são um casal britânico | Foto/Reprodução: Cortesia de Christie's

A casa de leilões britânia Christie’s espera arrecadar cerca de R$ 50 milhões com a venda de uma escultura de mármore de Maria Madalena. A peça vai ser leiloada em julho deste ano em Londres, comunicou a empresa em seu site.

Encomendada em 1819 por Robert Jenkinson, ex-primeiro-ministro do Reino Unido, a obra de mármore possui pouco mais de 1,80 metro de comprimento. Na época em que foi adquirida, o valor pago foi pouco mais de R$ 730 mil.

Antonio Canova, escultor neoclássico italiano, esculpiu a obra e a batizou de “Maddalena Giacente”. A escultura representando Maria Madalena em estado de êxtase religioso foi concluída pouco antes da morte de Canova, em 1822.

-Publicidade-
Escultura Maria Madalena
Escultura Maria Madalena

“Trata-se de uma das últimas obras de Canova”, disse Donald Johnston, especialista em escultura da Christie ‘s. “A maneira como os pés e as mãos foram feitos, além da curva suave nos dedos, é algo muito típico de Canova.”

Depois da morte do premiê Jenkinson, em 1828, sua família tomou posse da escultura. Após passar para as mãos de outros compradores, chegou ao casal — até o momento anônimo — que agora pretende vendê-la na casa de leilões.

Antes de ser leiloada, a obra sairá em turnê por Nova Iorque e Hong Kong.

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.