Estados Unidos e Rússia: ministros da Defesa conversam pela 1ª vez

Casa Branca ressaltou a importância de se manter o diálogo
-Publicidade-
O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, durante diálogo com o ministro da Defesa da Rússia, general Serguei Choigu, para discorrer sobre a invasão russa à Ucrânia - 13/05/2022 | Foto: Divulgação/Departamento de Defesa dos EUA
O secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, durante diálogo com o ministro da Defesa da Rússia, general Serguei Choigu, para discorrer sobre a invasão russa à Ucrânia - 13/05/2022 | Foto: Divulgação/Departamento de Defesa dos EUA

O Secretário de Defesa dos Estados Unidos, Lloyd Austin, pediu um cessar-fogo imediato na Ucrânia ao falar por telefone com o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, na sexta-feira 13. Trata-se do primeiro contato entre os dois desde o início da guerra na Ucrânia, informou o Pentágono.

Os EUA alegam que Austin tentou várias vezes conversar com ministro, porém Moscou parecia “desinteressada” na proposta. A Casa Branca ressaltou a importância de os países manterem as linhas de comunicação.

De acordo com a agência de notícias Reuters, a ligação solicitada por Austin durou uma hora, mas não resolveu nenhum problema específico. O governo norte-americano classificou o tom da ligação como “profissional”.

-Publicidade-

Do lado russo, a agência de notícias TASS informou que, segundo o Ministério da Defesa, a ligação tratou de “questões atuais de segurança internacional, incluindo a situação na Ucrânia”.

Os Estados Unidos e a Rússia estabeleceram uma linha direta desde a invasão, que Moscou chama de “operação militar especial”, para evitar erros de cálculo e qualquer alargamento do conflito.

Essa “linha direta” é uma linha telefônica aberta baseada no quartel-general do Comando Europeu e está sob a responsabilidade do General da Força Aérea Tod Wolters, que lidera todas as forças americanas na Europa.

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.