EUA impõem sanções a empresas que fornecem tecnologia militar para a Rússia

As medidas ocorrem no momento em que Washington e seus aliados trabalham em parceria para sufocar o Kremlin
-Publicidade-
Joe Biden pretende aplicar mais sanções à  Rússia
Joe Biden pretende aplicar mais sanções à Rússia | Foto: Cameron Smith/Casa Branca

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, está preparando um pacote de sanções contra empresas que fornecerem bens e serviços para o Exército da Rússia, incluindo componentes de fabricação de armas. A informação foi divulgada nesta sexta-feira, 25, pelo The Wall Street Journal.

As sanções do Departamento do Tesouro dos EUA, que devem ser anunciadas na próxima semana, ocorrem no momento em que Washington e seus aliados trabalham em parceria para dinamitar a economia russa. Essas medidas visam a bloquear ou proibir transações de entidades ou cidadãos ligados a Moscou.

Segundo os EUA, a Rússia confiou demasiadamente nas principais tecnologias ocidentais para manter o funcionamento de sua indústria de Defesa.

-Publicidade-

Na mira dos Estados Unidos

Entre os alvos, estão a empresa Serniya Engineering, que os EUA acreditam fazer parte de uma rede que negocia armamentos com os soldados russos; e a Sertal, que produz equipamentos e fornece tecnologia para o Kremlin.

Mas não é só isso. As sanções do Tesouro também atingem todas as transações financeiras, de modo a prejudicar a capacidade dessas empresas de fazer negócios em qualquer lugar do mundo. As retaliações, combinadas com as restrições de controle de exportação, também cortam o acesso a chips de computador fabricados no exterior e ao financiamento de componentes necessários para fabricá-los no mercado interno.

Leia também: “Rússia anuncia expulsão de diplomatas dos EUA”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

3 comentários Ver comentários

  1. ESTA NOTÍCIA CONFIRMA QUE O MUNDO É GLOBAL E INTERCONECTADO E CADA VEZ MAIS AS NAÇÕES VÃO PROGRESSIVAMENTE SE TORNAREM INTERDEPENDENTES E QUE TERÃO QUE PENSAR DUAS VEZES EM SUAS AVENTURAS COLONIZADORAS E MOSTRA A SAPIÊNCIA DO GOVERNO BOLSANARO DE EQUILÍBRIO ANTE O ATUAL CONFLITO UCRÂNIA/RUSSIA E A POSSIBILIDADE DE TRAZER BOAS OPORTUNIDADES PARA NOSSA PÁTRIA POIS TODO PERIGO SINALIZA UMA OPORTUNIDADE SEGUNDO MILENAR PROVÉRBIO CHINÊS.

  2. Biden está preparando o mundo para o Great Reset. Enquanto o colapso da economia global com as sanções contra a Rússia são implementadas, os poderes financeiros e o BlackRock se reorganizam para que no futuro, os lobotomizados ocidentais detratores de Putin, sejam uns Zen nada.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.