‘Eu já sabia que as vacinas anticovid não protegeriam contra infecções’, diz ex-médica da Casa Branca

Segundo Deborah Birx, '50% dos que morreram em virtude da variante Ômicron eram mais velhos e imunizados'
-Publicidade-
A infectologista Deborah Birx, ex-conselheira médica da Casa Branca durante o governo do ex-presidente dos EUA Donald Trump, durante entrevista à Fox News - 22/07/2022 | Foto: Reprodução
A infectologista Deborah Birx, ex-conselheira médica da Casa Branca durante o governo do ex-presidente dos EUA Donald Trump, durante entrevista à Fox News - 22/07/2022 | Foto: Reprodução

A infectologista Deborah Birx, ex-conselheira médica da Casa Branca durante o governo do ex-presidente dos EUA Donald Trump disse que “sabia” que as vacinas anticovid-19 “não protegeriam contra a infecção” pelo coronavírus.

“Superestimamos as vacinas”, disse ela, em um vídeo de julho, que voltou a circular nesta semana nas redes sociais. “As pessoas passaram a se preocupar com a possibilidade de os imunizantes não protegerem contra o estágio grave da doença e as hospitalizações. Eles protegem. Mas vamos ser claros: 50% dos que morreram em virtude da variante Ômicron eram mais velhos e vacinados.”

Segundo a médica, uma chave para o problema envolvendo as vacinas anticovid é o Paxlovid, um medicamento antiviral de uso oral desenvolvido pela Pfizer.

“Isso é o que vai salvar suas vidas agora, se você tem mais de 70 anos”, afirmou ela, cuja entrevista foi veiculada na Fox News. O comentarista Tucker Carlson, que trabalha na emissora, criticou a médica e chegou a perguntar quando ela vai ser penalizada criminalmente por ter se omitido sobre as vacinas, quando o governo Biden tentava impor a obrigatoriedade do imunizante em empresas.

Leia também: “O tabu sobre as vacinas contra a covid-19”, reportagem publicada na Edição 96 da Revista Oeste

-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 23,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.