Ex-presidente sul-africano Zuma ganha liberdade por motivos de saúde

Ele foi preso em junho deste ano acusado de corrupção antes e durante seu mandato
-Publicidade-
Jacob Zuma está internado em um hospital desde o último dia 6 de agosto | Foto: GovernmentZA/Flickr
Jacob Zuma está internado em um hospital desde o último dia 6 de agosto | Foto: GovernmentZA/Flickr

O ex-presidente sul-africano Jacob Zuma foi posto em liberdade condicional neste domingo, 5, por razões médicas não especificadas. Em junho deste ano, ele foi condenado à prisão por desacato à Justiça, já que não compareceu a audiências judiciais em um processo que investiga corrupção durante seu governo (2009-2018).

Segundo o Departamento de Serviços Correcionais, com a decisão de hoje, Zuma, que está com 79 anos, passará a cumprir o restante da sua pena de 15 meses fora da cadeia.

Leia também: “Talibã ganha terreno no Vale do Panjshir”

-Publicidade-

O ex-líder chegou a passar por um processo de impeachment e acabou deixando a Presidência em 2018. Antes de cair, viu milhares de sul-africanos tomarem as ruas exigindo sua renúncia. Desde então, tem enfrentado na Justiça acusações de crimes de corrupção cometidos antes e durante seu mandato.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

1 comentário

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro