França: produtores mudam tradição e aumentam distanciamento de videiras

Agora, expectativa é que as plantas cresçam até 2 metros e a mecanização seja facilitada
-Publicidade-
Lavoura de uva com as 'estradas' de separação entre as plantas | Foto: jaque zattera/Flickr
Lavoura de uva com as 'estradas' de separação entre as plantas | Foto: jaque zattera/Flickr

Depois de 100 anos, os produtores de uva da cidade de Champagne, na França, quebraram a tradição e aumentaram a distância máxima permitida entre as videiras. Agora, está liberado o espaçamento entre 2 e 2,2 metros entre cada planta. Com a alteração, a expectativa é que o cultivo cresça até 2 metros na horizontal, ante 1,5 metro verificado atualmente.

Leia mais: “Europeus protestam contra ‘passaporte da vacina’”

Um estudo conduzido por 15 anos demonstrou que espaços maiores tornam a mecanização mais fácil, pois as máquinas de poda, fertilização ou colheita não conseguem navegar facilmente pelos espaços estreitos. Além disso, eliminam a necessidade de as videiras competirem por água e nutrientes.

-Publicidade-

Leia também: “Putin decreta que só o espumante fabricado na Rússia é champanhe, e França ameaça ir à OMC”

A regra de espaçamento é apenas uma de uma série de critérios que os produtores devem respeitar para continuar fazendo parte do clube exclusivo autorizado a usar o rótulo Champagne, conhecida por ser o lar do espumante mais exclusivo do mundo. A região é responsável por 9% do consumo global de vinho espumante, e mais da metade dos 244 milhões de garrafas enviadas a cada ano vai para compradores fora da França.

Telegram
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

6 comentários

  1. Essa turma aí planta videiras desde os tempos de Asterix, o gaulês e só agora que descobriram isso daí? Tá faltando uma Embrapa para eles, com certeza. Vão ser tapados assim lá na Lutécia!

  2. A mecanização é o futuro. O Brasil está se adaptando corrigindo o grade das lavouras de café. Por que o café da Colômbia é o melhor do mundo? Porque só colhem os frutos maduros, com um serviço quase escravo. Daí revolta, farc, lula, e tudo o mais.

  3. Velho mundo do “micron”, comunista de merda como Anne Hidalgo prefeita de Paris.
    Que inveja do Brasil eles têm hem?
    Deveriam plantar batatas.
    Vinho alentejano e Napa valey preferencio.
    Francês jamais, por conta desses comunas.

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Meios de pagamento
Site seguro