Gana é o primeiro país a receber a vacina do consórcio mundial Covax

Cerca de 600 mil doses do imunizante da Oxford/AstraZeneca chegaram à nação africana
-Publicidade-
Ao todo, o Covax já realizou acordos com os fabricantes para a compra de 2 bilhões de doses em 2021
Ao todo, o Covax já realizou acordos com os fabricantes para a compra de 2 bilhões de doses em 2021 | Foto: Luis Lima Jr/FotoArena/Estadão Conteúdo

A aliança Covax Facility, dirigida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), fez nesta quarta-feira, 24, sua primeira entrega internacional de vacinas contra a covid-19, para o governo de Gana. O país africano foi o primeiro a receber, até o momento, parte da remessa enviada ontem, terça-feira 23, pelo Instituto Serum da Índia — são cerca de 600 mil doses do imunizante da Oxford/AstraZeneca. Mais de 80 mil pessoas de Gana, país com população de cerca de 29,7 milhões de habitantes, já foram infectadas pelo coronavírus. Ao menos 580 morreram por complicações da covid-19. O Covax, uma coalizão de mais de 150 países criada para impulsionar o desenvolvimento e a distribuição das vacinas contra a covid-19, tem acordo com o Instituto Serum de fornecimento de 1,1 bilhão de doses dos imunizantes da Oxford/AstraZeneca e Novavax. Ao todo, o Covax já realizou acordos com os fabricantes para a compra de 2 bilhões de doses em 2021, com a opção de aumentar o pedido para mais 1 bilhão de vacinas, de acordo com a agência France Presse. As informações são do G1.

Leia também: “OMS registra queda nos casos globais de coronavírus”

-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias.
Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.

Envie um comentário

-Publicidade-
Exclusivo para assinantes.