Governo do Paraguai transfere 430 presos ligados à facção criminosa

Detentos são considerados de alta periculosidade
-Publicidade-
180 agentes de segurança fazem parte da operação
180 agentes de segurança fazem parte da operação | Foto: Divulgação

O governo do Paraguai iniciou na sexta-feira 15 a transferência de 430 presos da Penitenciária de Pedro Juan Caballero, cidade que fica na fronteira com o Brasil. Todos são considerados de alta periculosidade e ligados à facções criminosas que atuam no tráfico da região. As transferências ocorrem uma semana depois da primeira de sete execuções que aconteceram entre os dois países.

O comunicado foi feito pela ministra da Justiça do Paraguai, Cecilia Pérez, após uma operação na madrugada de quarta-feira 14 encontrar uma “cela de luxo” com televisores e ar-condicionado, além de diversos celulares, objetos proibidos, e até uma mulher acompanhando um detento.

-Publicidade-
-Publicidade-
* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais.

2 comentários Ver comentários

Envie um comentário

Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Meios de pagamento
Site seguro
Seja nosso assinante!

Reportagens e artigos exclusivos produzidos pela melhor equipe de jornalistas do Brasil.