Governo Maduro dispersa manifestação liderada por Guaidó

Ao dar a largada no protesto, Guaidó disse que estava se iniciando uma "etapa de luta" que será mantida até a obtenção de resultados.
-Publicidade-

“Hoje começa uma etapa de luta que será mantida até obter resultados”, disse Guaidó

-Publicidade-

A polícia de choque da Venezuela dispersou, com gás lacrimogênio, uma manifestação contra o ditador Nicolás Maduro, ocorrida nesta terça-feira, 10.

O ato foi convocado pelo presidente legítimo do país, Juan Guaidó.

Os manifestantes seguiam rumo à Assembleia Nacional e tinham como objetivo a retomada do controle do Parlamento.

Ao dar a largada no protesto, Guaidó disse que estava se iniciando uma “etapa de luta” que será mantida até a obtenção de resultados.

Também em Caracas, apoiadores do regime de Maduro realizaram uma contramanifestação, chamando o líder oposicionista de “traidor da pátria”.

Segundo a oposição ao regime, durante o protesto a Polícia Nacional da Venezuela prendeu três deputados que apoiam Guaidó.

* O espaço para comentários é destinado ao debate saudável de ideias. Não serão aceitas postagens com expressões inapropriadas ou agressões pessoais à equipe da publicação, a outro usuário ou a qualquer grupo ou indivíduo identificado. Caso isso ocorra, nos reservamos o direito de apagar o comentário para manter um ambiente respeitoso para a discussão.
-Publicidade-
Conteúdo exclusivo para assinantes.

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Revista OESTE, a primeira plataforma de conteúdo cem por cento
comprometida com a defesa do capitalismo e do livre mercado.

Payment methods
Security site
Gostou da Leitura?

Seja nosso assinante!
Tenha acesso ilimitado a todo conteúdo por apenas R$ 19,90 mensais.

Payment methods
Security site